QR Codes em garrafas e latas

Quase qualquer produto pode beneficiar-se de maneiras de apresentar mais informações ao consumidor, seja no ponto de venda ou após a compra. Os códigos QR são a maneira ideal de apresentar essas informações, permitindo que os usuários de smartphones digitalizem códigos em menos de um segundo.

Procurando outros exemplos de impressão?

Como usar códigos QR em garrafas e latas

Latas de refrigerante e garrafas de vinho parecem feitas para códigos digitalizáveis, mas é surpreendente como poucas marcas efetivamente as utilizam. No Gerador de código QR, acreditamos enormemente no poder dos códigos digitalizáveis para agregar valor a produtos derivados de bebidas, e há muitos exemplos de como fazer isso.

Por que as marcas optam por colocar códigos QR em latas

Se sua empresa produz latas de refrigerante, bebidas alcoólicas ou qualquer outra bebida em lata, a lata em si é uma ferramenta de marketing vital. As marcas investem enormes recursos na contratação de designers gráficos para criar estilos visuais, pois a primeira impressão é importante. Mas a informação também é.

O consumidor quer saber se foram usados adoçantes artificiais e quantas calorias uma bebida contém, além de informações sobre aspectos como sustentabilidade ou emissões de carbono. Você não pode colocar tudo isso em uma lata, é aí que o código QR em latas torna-se muito útil.

Como a Coca-Cola foi pioneira no uso de códigos QR em latas

Um dos primeiros usos de códigos QR em latas veio da gigante de bebidas Coca-Cola. Nesse caso, o objetivo não era puramente informativo. A partir de 2011, a subsidiária alemã da Coca-Cola procurou conectar compradores de suas pequenas latas vermelhas de 25cl a videoclipes de bandas como a banda de garagem Mando Diao. Quando digitalizados, os códigos enviavam os usuários de smartphones ao Portal Coke Music, onde podiam ver vídeos ou descobrir shows repentinos organizados pela empresa. Foi uma jogada de marketing esperta e orientada para os jovens que funcionou bem, mostrando o potencial de combinar o conteúdo da web com o consumo do mundo real. Confira o Código QR de vídeo.

A Coca-Cola não parou por aí. Desde 2011, a empresa tem sido uma participante importante no sistema SmartLabel, que usa códigos QR para fornecer informações nutricionais, o que pode ser feito com o código QR de PDF. Tudo se resume a chegar até o cliente através da tecnologia que ele utiliza. Nas palavras do diretor global da empresa, em 2016: "Tenho que garantir que, se o consumidor tiver um celular em uma das mãos, preciso colocar uma Coca-cola na outra".

Fabricantes de produtos enlatados estão quebrando o código para usuários de smartphone

Outros produtos enlatados foram mais lentos para se beneficiar dos códigos digitalizáveis, mas estão recuperando o passo. Por exemplo, pequenas cervejarias, como a Bonfire Brewing em Eagle, Colorado, usam códigos para fornecer as receitas de cada cerveja que oferecem. Em um setor no qual os consumidores adoram o conhecimento especializado, isso o aproxima das marcas que amam.

Outros fabricantes de produtos enlatados estão utilizando códigos QR em latas para polir suas credenciais anti-OGM (organismos geneticamente modificados). Conservas orgânicas enlatadas, como o milho ou o feijão preto, são ideais para portais que contam histórias inspiradoras diretamente dos produtores, separando os fabricantes menores das grandes corporações.

Engarrafando o futuro: o uso de códigos QR em garrafas

Sem dúvida, as latas de refrigerante e milho enlatado não são os únicos produtos que usaram códigos digitalizáveis para agregar valor. Há muitas aplicações interessantes de códigos QR em garrafas das quais aprender também.

Isso se estende inclusive aos produtos premium, como garrafas de vinho. Na verdade, a indústria vinícola adotou códigos digitalizáveis por questões familiares. Quando o cliente digitaliza o código em garrafas de vinho na loja, consegue descobrir a origem das uvas, ver apresentações de produtores e vinícolas e, geralmente, saber sobre a autenticidade do vinho.

O fabricante australiano McGuigan também utilizou códigos para sugerir combinações entre garrafas de vinho e alimentos específicos - um ótimo serviço prático para ser usado pelos amantes do vinho.

Valorizando garrafas ou xícaras de café simples com códigos digitalizáveis

Também vimos algumas formas criativas de tornar as garrafas de cerveja mais funcionais (e valiosas). O Harry's Bar, em Cingapura, por exemplo. Vendo que os clientes frequentemente procuravam estabelecer relações no bar, os proprietários adicionaram códigos às próprias garrafas de cerveja de marca, que permitiam aos clientes enviar mensagens a pessoas solteiras que estivessem bebendo no mesmo bar.

Até mesmo antigas xícaras de café comuns podem ser valorizadas. Quando são adicionados códigos às xícaras de café, podem vincular clientes a sistemas de fidelidade. Enquanto saboreia seu “flat white”, o cliente pode ler o código casualmente e descobrir tudo o que precisa saber sobre ofertas especiais ou pontos de fidelidade usando o Código QR de cupom.

Como podemos ver, onde quer que você olhe existem usos para códigos digitalizáveis no setor de bebidas. De xícaras de café e latas de refrigerante a garrafas de cerveja, garrafas de vinho e produtos enlatados padrão, os códigos QR permitem aos fabricantes criar conexões e contar histórias de maneiras únicas.

Se sua necessidade for colocar códigos QR tanto em garrafas como em latas, não deixe de conferir nossos guia de impressão e guia de design, e coloque suas ideias em prática.

Adquira seu TESTE DE 14 DIAS do QR Code Generator PRO

Teste todos os recursos gratuitamente e sem compromisso

Precisa de um QR Code para sua embalagem?

Crie o seu QR Code em segundos!